Sistemas de Informação

Com o advento da informática e das redes virtuais em tempo real, as coleções passaram a ser organizadas em bancos de dados dentro de plataformas computacionais específicas para coleções científicas e ligados a redes internacionais pela internet. Tal processo contribui para a tomada de decisões, definições de políticas públicas, bem como para a integração entre a informação produzida por pesquisadores da biodiversidade e gestores de programas governamentais.

Até então, quando um pesquisador estudava um determinado grupo taxonômico, era preciso fazer um exaustivo levantamento bibliográfico, procurar obras raras – muitas vezes no exterior – e consultar pessoalmente coleções biológicas dentro e fora do Brasil. Os sistemas de informação sobre a biodiversidade, como o SiBBr, simplificam muito esse trabalho, integrando as informações e melhorando a qualidade dos estudos.

As plataformas, também, permitem aos pesquisadores checar, acrescentar, ou mesmo corrigir, as informações ali depositadas. Essas tecnologias também possibilitam a repatriação de dados sobre a biodiversidade depositados em coleções fora do seu país de coleta.

GBIF - Global Biodiversity Information Facility

Com a visão de trabalhar para "um mundo no qual a informação sobre a biodiversidade esteja livremente e universalmente disponível para a ciência, sociedade e um futuro sustentável", o Sistema Global de Informação sobre a Biodiversidade, ou em inglês Global Biodiversity Information Facility (GBIF), é uma infraestrutura aberta de dados internacional, financiada pelos países signatários da Convenção da Diversidade Biológica (CDB).

O GBIF fornece um único ponto de acesso (através do seu portal e seus serviços web) para centenas de milhões de registros, livremente compartilhado por centenas de instituições em todo o mundo, tornando-se o maior banco de dados on-line sobre a biodiversidade global. Os dados acessíveis se relacionam com evidências sobre mais de 1,6 milhões de espécies, recolhidos ao longo de três séculos de exploração de história natural e incluindo observações atuais de cientistas cidadãos, investigadores e programas.

O sistema opera por meio de uma rede de nós, da qual o SiBBr é o representante brasileiro. O GBIF coordena os serviços de informação da biodiversidade dos países e organizações participantes, colaborando entre si e com o seu Secretariado para compartilhar habilidades, experiências e capacidade técnica. Saiba mais

SiBBr - Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira