Softwares para gestão de coleções

Com a digitalização das coleções biológicas passa a ser fundamental a escolha de um software capaz de auxiliar na gestão dos acervos. Atualmente, existem diversos tipos de softwares voltados exclusivamente para banco de dados de biodiversidade. Softwares pagos e livres, alguns mais abrangentes podendo ser utilizados por instituições inteiras com diferentes coleções, outros mais específicos voltados para coleções como herbários e microbiológicas.

Independentemente do que se busca com o software, alguns pontos influenciam a escolha do sistema mais adequado. Deve se levar em conta a usabilidade da ferramenta, bem como se a sua operação é intuitiva, já que muitas vezes parte das equipes curatoriais são compostas por bolsistas temporários que não possuem muito tempo para aprender a utilizar uma ferramenta muito complexa. Outro ponto importante é a capacidade de suporte do sistema para importar os dados pré-existentes, seja de uma planilha de Excel, seja de um software anterior, bem como sua capacidade de exportação de dados.

No geral, as instituições e coleções biológicas brasileiras utilizam majoritariamente dois softwares de gestão:

BRAHMS - Botanical Research and Herbarirum Management System

Voltado para a gestão de coleções botânica, o BRAHMS administra e integra dados e imagens a partir de espécimes, pesquisas botânicas, observações de campo, coleções vivas, bancos de sementes e literatura. Desenvolvido pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, o software é gratuito.
Specify

Gerenciador de dados de diferentes grupos taxonômicos, o Specify é um software gratuito criado pela Universidade do Kansas, Estados Unidos.

Outros softwares para a gestão de coleções biológicas

Bibmaster - Desenvolvido pelo GBIF Espanha, é um aplicativo para banco de dados de nomenclaturas, literatura e gerenciamento de espécimes.

BioOffice - Software austríaco para registro e documentação de coleções biológicas.

Biota – Software pago criado pela Universidade de Connecticut (Estados Unidos), funciona como gerenciador de dados com foco em informações sobre espécimes e dados biológicos.

Biotica - Sistema de informação mexicano criado para o gerenciamento de dados curatoriais, nomenclaturas, geográficos, bibliográficos, entre outros.

Herbar - Outro aplicativo do GBIF Espanha voltado para a gestão de herbários.

SysTax - Sistema de banco de dados integrado para informações de biodiversidade.

Vernon - Software pago para gerenciamento de coleções de todos os tipos.

SiBBr - Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira